Sobre a PAES

 

Somos a PAES (Paróquia Anglicana Espírito Santo), uma das dezenas de congregações da Província da Igreja Anglicana no Brasil e fazemos parte da Diocese de Recife, Internacionalmente somos ligados a Fraternidade Internacional dos Anglicanos Confessantes (FCA) Comunhão Anglicana. Nossa Diocese, criada em 1975 como Diocese Missionária, teve como fundador e primeiro bispo Edmund K. Sherril. Desde 2012 com a morte do Bispo Robinson Cavalcanti foi eleito o então Reverendo Miguel Uchoa que além de nosso Reitor é também o Bispo Primaz da Província.

 

A Igreja Anglicana no Brasil é composta hoje por mais de 70 pastores e pastoras e dezenas de Ministros auxiliares, servindo em mais de 60 igrejas (comunidades) espalhadas em Estados do Nordeste Brasileiro e em outros estados da União. A Comunhão Anglicana é uma grande família de igrejas, tendo como líder espiritual o Arcebispo de Cantuáría, atualmente Revmo. Justin Welby.

Existem mais de 70 milhões de cristãos anglicanos espalhados em vários países (Igrejas nacionais) autônomas. A Comunhão Anglicana se desenvolveu em duas etapas: A primeira começou no século XVI, na Inglaterra, onde o anglicanismo nasceu, chegando com os colonizadores à Austrália, Canadá, Nova Zelândia, África do Sul e Estados Unidos. A segunda etapa começou no século XVII, quando as igrejas anglicanas foram estabelecidas na Ásia, África e América Latina.

 

GAFCON -FCA 

Desde 2008 quando 1500 pastores(as) e Bispos se reuniram em uma conferência em Jerusalém que se chamou GAFCON (Global Anglican Future Conference) Para reagir contra a teologia liberal que se desenvolvia em algumas das |Províncias Anglicanas no mundo. Ali se formou a |Fraternidade dos Anglicanos Confessantes (FCA), com igrejas de todas as partes da comunhão Anglicana. Hoje esse movimento conta com a maioria da Membresia de toda a comunhão anglicana. 

 

Nossa Historia - PAES

No ano de 1996 o Rev Miguel Uchôa era parte da equipe pastoral da então Igreja da Trindade, liderada pelo Rev Paulo Ruiz Garcia. A Igreja da Trindade era, na época, a maior e mais dinâmica igreja Anglicana da América Latina com alguns milhares de membros e congregados. Naquele ano iniciou-se um projeto de expansão com a plantação de algumas igrejas no grande Recife. Uma das regiões contempladas deveria ser os bairros de Piedade, Candeias e adjacências, segundo o registro da igreja da trindade havia um razoável número de pessoas que se deslocavam daquela região para frequentar os seus cultos, mesmo isso implicando em um deslocamento de pelo menos 40 km.

O Rev Paulo Garcia e sua esposa Marcia, o Rev Miguel e sua esposa Valéria e alguns membros da Igreja da Trindade, Fernando e Magaly Acosta, Maurício e Rosa Coelho, Gilberto e Glória Andrade, Aloísio e Ana Eugênia Figueredo, reuniram-se em um encontro na residência de Marco e Ruth Vieira e ali, decidiram levar o projeto da nova igreja adiante, Gilberto trouxe consigo um Calice de pedra sabão e uma pequena garrafa com vinho e alí celebrou-se a primeira eucaristia daquela que seria chamada Missão Espírito Santo.

Apartir dessa decisão, um grupo de líderes de cerca de 5 grupos familiares assumiram o compromisso de serem os protagonistas dessa história. Passou-se então a procurar um local adequado e depois de intensa busca achou-se uma propriedade onde antes funcionava um banco. Local adequado, pouca reforma para ser feita, espaço para cerca de 180 pessoas e bem localizada, partiu-se então para a locação, porém no momento de fechar o contrato o proprietário decidiu desfazer o negócio por razões familiares. Voltou-se a estaca zero, mas alguém disse: A babilônia fechou! A babilônia era uma casa noturna (boate) localizada um pouco mais ao norte do local que acabara de ser descartado. Um salão imenso, num estado de conservação bastante prejudicado, mas alguém soube que aquela propriedade estava alugada ao empresário Agostinho Cavalcanti que pela providência divina era filho de um membro da Igreja da trindade. Feita a ligação, o Rev Paulo Garcia vê a possibilidade e chama o Rev Miguel para uma primeira vistoria no local. Acompanharam a visita um grupo de cerca de 20 pessoas que assumiriam o projeto como parte de sua missão. Nos reunimos em um círculo acerca do palco destruído e cheio de monturos, oramos e pedimos orientação a Deus, Celina, uma dessas pessoas, abriu sua Bíblia e ali estava o salmo 137 “as margens dos rios da Babilônia...”

Estava claro, Deus nos mostrou o caminho e nossa tarefa seria implementá-la. Elegeu-se um tesoureiro (Paulo Andrade) e os arquitetos Ana Eugênia e Aloísio Figuerero assumiram o projeto de reforma daquele prédio tétrico em tom avermelhado e sombrio e se comprometeram em torná-lo um belo santuário para honra e glória de Deus.

Cerca de 30 dias depois, no dia 22 de agosto estávamos realizando uma conferência de abertura da Missão Espírito Santo, templo lotado e a presença de autoridades e religiosos. O Rev Miguel Uchôa abre o seu sermão inaugural citando o pensador George Lilo com as palavras “A gratidão é a memória do coração”. No Domingo dia 25 de Agosto de 1996 as 19:00h realizou-se o primeiro culto na nova igreja com algumas dezenas de pessoas, a maioria delas visitantes e apoiadores. Poucas semanas mais tarde iniciou-se o culto da manhã com 37 pessoas. Com o passar dos meses novas pessoas foram chegando, alguns voltaram para a Igreja da Trindade e no primeiro culto de confirmação em 12 de Outubro de 1997 o Rev. Miguel apresentou ao Bispo Robinson Cavalcanti 96 pessoas para a confirmação. Em 1998 a nova igreja sai do status canonico de Ponto de pregação para Paróquia, sendo a 1ª vez na história da Diocese de Recife que tal fenomeno acontecera.

Hoje a PAES conta com uma congregação de cerca de 2.000 pessoas entre membros e Congregados, é liderada pelo Revmo. Miguel Uchôa e uma equipe de 4 ministros ordenados e centenas de líderes de ministérios e células. Tem até aqui plantado novas igrejas e colaborado com o avanço do cristianisno na região de Jaboatão dos Guararapes.

A declaração de missão da Paes está baseada nos seguintes propósitos e áreas de atuação que percebemos bíblica e historicamente, a igreja tem caminhado ao longo de sua história:

 

 Missão da PAES:

Ser uma comunidade cristã guiada pelo Espírito Santo e comprometida a: adorar a Deus; expandir a Igreja de Jesus Cristo; viver como uma família em amor; solidificar-se na palavra de Deus e ser agentes de transformação na sociedade.

 Visão da PAES :

Ser reconhecida como uma igreja cristã com atuação marcante na região metropolitana de Recife, mantendo-se acolhedora, contemporânea e dirigida pelos propósitos de Deus.

 Porque existimos como Igreja:

Acreditamos que um Compromisso com a Grande Comissão edificará Uma Grande Igreja!” Dominicalmente lembramos a Igreja de nosso compromisso também com o Grande Mandamento, Resumo da Lei , que se torna possível através da Grande Comissão.

A Grande Comissão:

“Jesus disse, Vão e façam com que os povos se tornem meus discípulos, batizem as pessoas em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-as a obedecer a tudo quanto eu tenho mandado.” Mt 27:18.

O Grande Mandamento:

“Jesus disse, Ama o Senhor teu Deus com todo o teu coração, com toda a alma e com todo o entendimento. Este é que é o primeiro e o mais importante dos mandamentos. O segundo é semelhante a este: Ama o teu próximo como a ti mesmo. O essencial de todo o ensino da lei e dos profetas está nestes dois mandamentos.” Mateus 22:36-40.

Mateus 28:19-20.